Welink Accountants Welink Accountants
 Balanço Contabilidade: tudo o que precisa de saber

Balanço Contabilidade: tudo o que precisa de saber

Welink Accountants

Welink Accountants

O balanço contabilístico é um recurso extremamente importante para saber a situação financeira de uma determinada empresa. Permite analisar e determinar a saúde financeira de uma determinada entidade num período temporal específico.

 

O balanço em contabilidade tem três grandes componentes: o ativo, o passivo e os capitais próprios. Veremos a importância de cada um destes indicadores contabilísticos, e a forma como se relacionam.

 

 

Conteúdo: 

 

  • 1. Ativo
  • 2. Passivo
  • 3. Capital próprio
  • 4. O que indica o capital próprio?
  • 5. Para que é utilizado o balanço contabilístico?
  • 6. Utilização do balanço para fazer projeções futuras

 

 

1. Ativo

 

O ativo de uma determinada empresa compreende todos os ativos que a empresa detém. Estes incluem os ativos correntes e não-correntes. Os ativos correntes compreendem todos os ativos que a empresa detém que poderão ser liquidados num curto espaço de tempo. Isto inclui por exemplo, o dinheiro em caixa, assim como os investimentos líquidos da empresa. Juntamente com o inventário disponível para venda, e a conta corrente.

 

Os ativos não-correntes incluem, por exemplo, imóveis da empresa, assim como equipamentos que a empresa detém.

 

 

2. Passivo

 

O passivo da empresa representa os montantes que a empresa tem em dívida para com terceiros. Como tal, incluí as dívidas da empresa, ou os custos em que a empresa incorre.

 

O passivo da empresa também se divide em corrente e não-corrente. O passivo corrente será debitado à empresa no espaço de 1 ano. Como tal, incluí algumas dívidas de curto prazo, assim como as contas que a empresa terá de pagar. Por fim, o ativo não-corrente inclui dívidas a longo prazo da empresa, assim como outros. 

 

 

3. Capital próprio

 

O capital próprio da empresa é calculado subtraindo o passivo da empresa pelos seus ativos. Isto permite determinar qual o valor da empresa em caso de liquidação à data. O capital próprio da empresa poderá ser positivo, negativo ou nulo. Isto está inteiramente dependente do valor dos seus ativos e das dívidas que a empresa tem. 

 

 

4. O que indica o capital próprio?

 

Dependendo da empresa em causa o capital próprio poderá indicar a capacidade da empresa de alocar os seus ativos. Uma empresa com um capital próprio negativo poderá estar à beira da falência, ou por outro lado, poderá ter um gerente que é extremamente eficiente ao alocar o capital da empresa. Como tal, a empresa investe todo o capital a que tem acesso. 

 

Isto é inteiramente dependente do tipo de empresa e do sector em que se insere. Alguns setores requerem mais capital do que outros, e como tal o balanço de diferentes empresas tende a variar consideravelmente de sector para sector.

 

O capital próprio representa também o valor empresarial da empresa. Se bem que a este valor deverá ser também contabilizada a capacidade da empresa em causa de gerar lucro no futuro.

 

O balanço é um requerimento contabilístico para várias empresas, especialmente as cotadas em bolsa. Isto permite a análise do estado de “saúde financeira" da empresa. Permitindo analisar o nível de endividamento da empresa, assim como a sua estrutura empresarial.

 

Por outro lado, o balanço permite uma análise pormenorizada da liquidez de que a empresa dispõe. Este é um indicador particularmente importante pois permite fazer algumas projeções relativamente ao futuro económico da empresa.

 

 

5. Para que é utilizado o balanço contabilístico?

 

O balanço é um recurso contabilístico extensamente utilizado no sector bancário. No caso de pretender pedir um crédito para financiar a sua empresa, a análise da entidade bancária que considerar conceder-lhe crédito passará por uma análise minuciosa do balanço da empresa. 

 

Isto permitirá ao banco calcular o valor da empresa, e confirmar se a empresa em questão tem capacidade de contrair mais dívida.

 

 

6. Utilização do balanço para fazer projeções futuras

 

Apesar de não ser o instrumento essencial para fazer projeções financeiras, o balanço acaba por indicar alguns aspectos importantes que a empresa deverá ter em conta. Vejamos alguns dos sinais que a análise cuidada do balanço poderá indicar:

 

 

Os ativos da empresa estão a aumentar ou diminuir?

Esta é talvez uma das mais importantes conclusões que o balanço contabilístico nos permite tomar. Se a empresa tem aumentado constantemente o valor dos seus ativos, este costuma ser um indicador extremamente positivo. Por um lado significa que a empresa, tem durante um determinado período temporal aumentado o seu valor, beneficiando assim os seus proprietários.

 

 

O passivo da empresa está a aumentar ou a diminuir?

Esta é outra das mais importantes métricas que deverá ser cuidadosamente analisada. Uma empresa numa situação financeira precária tem por norma o passivo a aumentar consideravelmente. Isto poderá representar um risco adicional para os seus proprietários.

 

 

Os capitais próprios estão a aumentar ou a diminuir?

Os capitais próprios representam o valor da empresa caso seja liquidada à data em que o balanço foi feito. Como tal, isto indica o valor da empresa caso pretenda fechar a empresa hoje. Um indicador bastante positivo é o facto dos capitais próprios da empresa aumentarem ao longo do tempo. Isto significa que a empresa tem criado valor para os seus proprietários.

 

Porém, deverá ter em atenção que algumas empresas em sectores específicos tem a capacidade de alocar capital de forma extremamente eficaz. Assim sendo, o seu retorno no capital investido é tão alto que a empresa pode dar-se ao luxo de ter capitais próprios negativos, pois o capital que irá usar será para criar ainda mais ativos futuros.

 

 

Como analisar o balanço contabilístico

Todas as componentes do balanço em contabilidade devem ser consideradas tanto individualmente como em conjunto. Como tal, um único indicador não nos dá uma imagem  real da “saúde financeira” da empresa. Tendo isso em conta, será importante ter um contabilista especializado que poderá analisar o balanço da sua empresa e aconselhá-lo da melhor forma.

É um contabilista certificado ou um revisor oficial de contas?

Referencie o seu escritório no primeiro site especializado em contabilidade.