Welink Accountants Welink Accountants
declaraco-rendimentos-faq

Declaração de rendimentos : FAQ

Welink Accountants

Welink Accountants

Declaração de rendimentos : FAQ

É um empresário, gerente ou diretor de empresa? Quer compreender os diferentes dados em torno da conta de ganhos e perdas? No primeiro artigo, respondemos a perguntas gerais sobre esta tabela financeira. Neste segundo artigo, descubra respostas a perguntas mais específicas e profundas.

O que é uma relação? Quais deve saber? Como é que os calcula?

O termo "rácio financeiro" é frequentemente utilizado na contabilidade. O que é exatamente? Quais são os diferentes tipos? Como é que os calcula? É possível compreendê-los sem ser um contabilista.

Definição

Um rácio financeiro é um coeficiente ou percentagem obtido através da comparação de dois elementos financeiros. É utilizado pelos gestores para realizar análises financeiras dos seus negócios. Dá uma indicação da rentabilidade de uma empresa e da sua estrutura de custos.

Taxa de atividade

O rácio de atividade é utilizado para medir a evolução do volume de negócios de uma empresa entre dois períodos contabilísticos. É o primeiro indicador financeiro calculado a partir da declaração de rendimentos.

 

Taxa de atividade = Volume de negócios antes do ano fiscal N - Volume de negócios antes do ano fiscal N-1 - Volume de negócios antes do ano fiscal N-1

Rácio de margem

O rácio da margem é utilizado para determinar o volume de negócios restante após dedução do montante de compras relacionadas com a atividade. Pode ser calculado sobre uma unidade ou sobre todas as vendas da empresa. Este indicador pode realmente ajudar os gestores na sua tomada de decisão.

 

Rácio de margem = Vendas de bens - Custo dos bens adquiridos

Rácio de rentabilidade

Expresso em percentagem, o rácio de rentabilidade é utilizado para medir e destacar a rentabilidade da empresa. Mostra o lucro que a empresa obteve. Por exemplo, um rácio de rentabilidade de 23% indica que por cada 1000 euros de volume de negócios, a empresa obtém um lucro líquido de 230 euros.

Taxa de produtividade

Expresso em unidades monetárias, o rácio de produtividade é utilizado para avaliar o desempenho do pessoal. Especifica o volume de negócios, o valor acrescentado ou o excedente de exploração bruto (GOI) gerado por cada empregado de uma empresa. Permite que a empresa seja comparada com os seus concorrentes.

 

Taxa de produtividade = Volume de negócios ou valor acrescentado, ou EBITDA / Número de empregados

 

Rácio de rentabilidade ou Taxa de retorno = (Lucro líquido do ano / Volume de negócios) * 100

Relação de valor acrescentado

O rácio do valor acrescentado (VA) é utilizado para determinar a proporção de VA a ser atribuída a cada parte interessada (o Estado, instituições financeiras, investidores, empregados e a própria empresa). Para calcular este rácio, o montante correspondente a cada interveniente é tomado e dividido pelo valor acrescentado.

 

VA aos empregados = Custos de pessoal / VA

 

VA acumulada aos credores = Custos financeiros / VA

 

VA que reverte para o Estado = Impostos / VA

O que precisa de saber sobre o MIS (equilíbrio intermédio de gestão)?

Expresso como um valor absoluto ou como uma percentagem do volume de negócios, o cálculo dos saldos de gestão intermédia está intimamente ligado à demonstração de resultados detalhada.

Definição

Um balanço de gestão intermédio (IMB) é um indicador financeiro utilizado para analisar o resultado do exercício financeiro e para realizar um estudo analítico das finanças de uma empresa. Com efeito, os MIS são a margem comercial, o valor acrescentado e o EBITDA, assim como os vários resultados que devem ser incluídos na estrutura da declaração de rendimentos.

Margem de comércio ou margem de produção

A margem comercial é utilizada para empresas comerciais, enquanto que a margem de produção ou margem de matéria-prima é utilizada para empresas de transformação e industriais. Em geral, esta margem é a diferença entre o total das receitas e o total das compras.

 

Margem comercial = Vendas de mercadorias - Custo de compra de mercadorias vendidas

 

Margem de produção ou margem de matéria-prima = Produção do ano - Custo de aquisição da matéria-prima consumida

Valor acrescentado

O valor acrescentado é uma medida da riqueza gerada por uma empresa no decurso das suas operações. Valor acrescentado = Margem de vendas + Produção do ano - Serviços externos.

 

EBITDA

 

O excedente de exploração bruto (GOS) fornece informações sobre a capacidade de uma empresa para criar riqueza a partir da sua atividade principal. Destaca o resultado que não tem em conta as escolhas de financiamento e os acontecimentos excecionais.

 

EBITDA = Valor acrescentado + Subsídios à exploração - Impostos e pagamentos similares - Custos de pessoal

Rendimento operacional

O lucro operacional é um indicador utilizado para medir a capacidade de gerar riqueza apenas a partir do negócio principal da empresa.

 

Receitas de exploração = Receitas de exploração + Despesas de exploração

 

Ou Lucro de exploração = EBITDA + Amortizações de provisões de exploração + Outras receitas de exploração - Amortizações e provisões - Outras despesas de exploração

Resultado atual

O res

ultado atual antes de impostos permite conhecer o impacto da política de financiamento da empresa no seu resultado operacional, utilizando as receitas e despesas financeiras.

 

Resultado atual = Resultado operacional +/- Resultado financeiro

 

Com Resultado financeiro = Receitas financeiras + Despesas financeiras

Resultado líquido

O resultado líquido exprime o enriquecimento (se positivo) ou o empobrecimento (se negativo) da empresa durante o período contabilístico em questão.

 

Resultado líquido = Resultado corrente antes de impostos + Resultado extraordinário - Imposto sobre o rendimento - Participação dos empregados nos lucros

O que é a depreciação?

A depreciação contabilística representa a depreciação de um ativo fixo pertencente a uma empresa. É registado no balanço para avaliar a perda de valor de um bem durante a sua vida útil devido à obsolescência ou ao desgaste. Em contraste, a depreciação é encontrada na declaração de rendimentos.

 

O montante da depreciação é determinado pela relação entre o valor de mercado ou o custo de aquisição do bem e a sua vida útil.

 

Depreciação = Valor de mercado ou custo de aquisição / vida útil

 

Na contabilidade, a empresa deve elaborar uma tabela de depreciação para cada ativo fixo para avaliar a sua depreciação ao longo dos anos.

O que é um dividendo? Como é calculado?

Um dividendo é o rendimento pago pela empresa aos seus accionistas uma ou mais vezes por ano. Pode ser retirado do lucro (deduzido do imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas) e/ou das reservas da empresa. O Conselho de Administração na Assembleia Geral propõe o montante do pagamento, mas os accionistas podem votar para tomar a decisão final.

 

O cálculo do montante máximo de dividendos é o seguinte: Dividendo = Lucro - Alocação para reservas - Requisitos do próximo ano

Como é calculado o imposto sobre o rendimento das pessoas coletivas?

O imposto bruto sobre as sociedades (IRC) é calculado tomando o produto do lucro tributável e a taxa de IRC.

 

IRC bruto = Lucro tributável * Taxa de IRC

 

Com lucro tributável = Resultado contabilístico + reintegrações fiscais - Deduções fiscais - Défice restante a ser imputado

 

Imposto a pagar = Imposto bruto - Créditos fiscais cobráveis

 

Os créditos fiscais cobráveis são reduções fiscais, créditos fiscais e pagamentos antecipados do imposto sobre as sociedades já pago.

Como é calculado o volume de negócios?

O volume de negócios na declaração de rendimentos é diretamente identificável. Para as empresas comerciais, é o montante das vendas de mercadorias.

 

O volume de negócios também pode ser calculado pela soma de todas as contas com a raiz "70".

 

Volume de negócios = Vendas de produtos acabados (conta 701) + Vendas de produtos intermédios (702) + Vendas de produtos residuais (703) + Trabalhos (704) + Estudos (705) + Prestação de serviços (706) + Vendas de bens (707) + Receitas de actividades auxiliares (708) - Descontos, abatimentos e descontos concedidos pela empresa (709)

 

O cálculo do volume de negócios por tipo de mercadoria, produto ou serviço pode ser feito a partir das várias facturas registadas.

 

Volume de negócios = Quantidade vendida * Preço de venda unitário

 

Na contabilidade, o volume de negócios é sempre expresso exclusivamente de impostos.

É um contabilista certificado ou um revisor oficial de contas?

Referencie o seu escritório no primeiro site especializado em contabilidade.